segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Viajando


"Viajando, ficamos mais propícios ao risco e à experimentação. Encaramos bacon no café da manhã, passeamos na chuva, vamos ao super de bicicleta, dormimos na grama, dirigimos do lado direito do carro, usamos banheiro público, fazemos confidências a quem nunca vimos antes. O passaporte nos libera não só para a entrada em outro país, como também para a entrada em outro estilo de vida, muito mais solto do que quando estamos em casa, na nossa rotina repetitiva."
(Martha Medeiros )

Viajar como tripulante então!? Nem se fala neh!?

Neste dia estávamos em Patmos (em uma das ilhas gregas)
Era no máximo 8 da manhã e tomamos café da manhã aí.
O atendimento não foi nada solicito...
O café grego para nosso paladar era horrível, um café fraco em que a borra de café ficava toda no fundo da xícara.
Os salgados eram comestíveis, alguma coisa como enrolado, misto quente...
Na foto está Bruno e eu, Bruno continua nessa vida de "experimentação"...
Saudades....

3 comentários:

Nádia disse...

Olá Seila, queria primeiramente, parabenizá-la pelo seu blog, ele é muito esclarecedor e instigante. Em segundo lugar queria parabenizá-la pela sua coragem e ousadia. Continue assim.

Abraços.

Nádia disse...

Olá, meu nome é Nádia e eu queria primeiramente parabenizá-la pelo seu blog que é surpreendente, inspirador e informativo. Em segundo lugar parabéns pela sua ousadia, não só pela experiencia de trabalhar em um navio de cruzeiro como em relatar toda a sua experiencia a bordo.

marco aurelio s soares disse...

trabalhei em duas companhias a pullmantur e a ibero e realmente é uma merda acorda cedo ter um monte de filhos da puta falando merda o dia todo vc quase não dorme isso porque vc trabalha 11 hora mais se seu chefe for gente boa porque tem uns que quer tirar seu sangue principalmente no bar (eu era bartender, ha e ja trabalhei com Bruno Ferreira que esta na foto com voce)mais as amizades, as loucuras e os lugares nada na vida paga essa experiencia que passamos